A secretária como parceira no crescimento do seu consultório

O braço direito de todo profissional da saúde seja no consultório ou clínica é sempre a sua secretária. Afinal, ninguém conhece tão bem os desafios da rotina frenética do médico quanto aqueles que o acompanham em todos os seus momentos, não é? Não à toa, a tendência é a de manter a mesma secretária ao longo de toda sua vida porque a parceria construída pelos dois no dia a dia os transforma numa verdadeira dupla à la Batman e Robin!

Se pararmos para pensar que todo indivíduo tem suas ambições profissionais, no contexto da secretária surge a questão: como desenvolver esse profissional dentro do consultório médico para que ele não se sinta estagnado com o passar dos anos? Indo além, como promover que essa pessoa-chave dentro da sua estrutura agregue ainda mais no consultório e também na sua rentabilidade?

Para fortalecer ainda mais essa parceria com a sua secretária para que ambos alcancem novos patamares profissionais, confira a seguir 3 medidas que você pode adotar!

O primeiro contato com o seu paciente.

Sendo o primeiro ponto de contato com seus pacientes, a sua secretária garante que os agendamentos ocorram sem problemas, sabe organizar melhor os encaixes para otimizar a sua agenda e também recebe os pagamentos pelos atendimentos, sejam os particulares ou emitindo as guias de planos. No momento da consulta, além de recepcionar seus pacientes, pode ser fundamental para garantir que todos os diferenciais da sua clínica ou consultório sejam percebidos.

Ou seja, ela conhece como ninguém todos os processos que cercam a rotina médica! E se esses processos e conhecimentos forem associados à outras capacidades como boa comunicação, empatia, simpatia e boa argumentação permitem que seu poder de auxiliar o médico no crescimento do consultório enquanto empreendimento sejam ainda maiores.

Nesse contexto, alguns médicos já perceberam que estabelecer um vínculo de parceria com a sua secretária para aumentar sua produtividade pode ser muito bem vindo. Essa parceria pode ser desenvolvida por meio de incentivos de metas como bonificações associadas ao salário ou até mesmo uma pequena participação societária.

Qual é a cultura você promove em seu consultório?

A cultura é a manifestação dos pilares de uma empresa no ambiente de trabalho e ela deve ser considerada independente do número de funcionários que uma empresa tenha. A regra também vale para o contexto de uma clínica ou estabelecimento médico, de modo que, independente de você ter definido ou não o clima dentro do seu consultório ou clínica, ela existe. O ponto crítico aqui é que, depois de enraizada, a cultura é um dos aspectos mais difíceis de mudar e é custoso.

Para citar um exemplo, aqui na Medicinae os nossos pilares são: ser de verdade, viver de paixão, fazer coisas novas sempre e se orientar em dados. Ao definir seus pilares fica mais fácil entender qual o perfil dos profissionais que você deseja ter em sua equipe e como será a cultura vocês irão construir juntos e, principalmente, transmitir aos seus pacientes. É isso mesmo, a cultura também é um fator percebido em diferentes níveis pelos seus pacientes e pode se tornar um diferencial para o seu consultório!

Para descobrir como é a sua cultura, o primeiro passo é não ter medo de conhecer a história dos seus funcionários, em especial, da sua secretária. Como é a vida dela fora do ambiente de trabalho? Como é a relação dela com os familiares e projetos para o futuro? O segredo da cultura e do relacionamento está nos detalhes.

Qual é o futuro do seu consultório e qual será o papel da sua secretária nela?

Não é difícil encontrar profissionais da saúde que atendem em mais de um estado, atuam em outros consultórios/clínicas e até iniciam um processo de expansão do consultório, transformando-o em uma rede de clínica quando a demanda de pacientes em busca do mesmo profissional cresce constantemente.

Independente do estágio em que seu consultório se encontre, é interessante definir o lugar que deseja ocupar na percepção dos pacientes que buscam por sua especialidade e construir um plano de desenvolvimento para o seu consultório torna-se fundamental. Qual é a média de pacientes você deseja atender por mês? Está na hora de alugar aquela sala vaga para um outro profissional qualificado? Como está o engajamento do seu público nas redes sociais? Existe uma demanda de atendimento em outros estados/cidade? Seria interessante atender eventualmente em alguma clínica reconhecida dessas localidades?

Dessa forma, por que não convidar seu braço direito a lhe auxiliar no processo de pesquisa e implementação dessas estratégias? Afinal, nada mais justo que a sua secretária cresça à medida que seu consultório se expanda e estar motivada e engajada pode dar um “up” ainda maior na produtividade!

Ficou com vontade de expandir seu empreendimento médico e fortalecer essa parceria com a secretária? Então vá em frente! Nós estamos torcendo por você e não se esqueça de contar conosco para aprender mais sobre a faceta empreendedora do médico e otimizar a gestão financeira do seu empreendimento!

Compartilhe nas redes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email