Como otimizar a rotina do consultório em 3 passos

Ao abrir um consultório, o médico precisa lidar com todos os aspectos inerentes à rotina de profissional de saúde e também as funções empreendedoras, como gerenciar a sua equipe, analisar dados e compreender o que eles sinalizam sobre a saúde financeira ou driblar a desvalorização da sua remuneração.

Os desafios que marcam essa rotina surgem em diferentes contextos e todos eles afetam, direta ou indiretamente, as finanças do seu empreendimento.

A pergunta que fica é: Como descomplicar essa rotina e torná-la mais benéfica de forma que todos e também o seu paciente também saia ganhando nessa equação?

1. Bons super heróis delegam funções!

No consultório ou clínica, o médico-gestor desempenha um papel similar ao do presidente de uma empresa. Com o intuito de manter o trem sob os trilhos e a saúde financeira do consultório em dia, os gestores acabam por acumular funções: se responsabilizam pelo atendimento ao pagamento, se preocupam com o livro caixa e impostos, estão sempre atualizando seus conhecimentos para manter o melhor padrão, conciliam os comprovantes, verificam o fluxo de caixa, o estoque, a demanda com os fornecedores… Ufa!

A boa noticia é que você não precisa fazer isso tudo. Com o Permissionamento da Medicinae, você pode adicionar perfis com diferentes níveis de acesso para cada integrante da equipe e ficar apenas responsável em controlar os indicadores de sucesso do seu estabelecimento.

O que isso quer dizer na prática? Dentre muitos exemplos do seu dia a dia, você poderá atender o seu paciente com foco e tranquilidade, ao deixar a parte de cobrança para a sua secretária, apenas conferindo no app se tudo deu certo na hora da transação. Para o convênio, você verifica se a sua faturista enviou as faturas para o plano, se o envio ocorreu na data certa e ainda se houve glosa. Tudo isso mantendo toda a privacidade dos seus dados!

2. O modo como você visualiza seus dados influencia em seu gerenciamento e impacta diretamente nos seus resultados!

Mais do que acompanhar todos os dados que correspondem a saúde financeira do seu consultório, compreender o que eles sinalizam é a chave! E a forma como você faz isso pode ser a saída que faltava para otimizar a sua rotina e o tempo. Se você ainda se encontra preso ao clássico “caderninho” para registrar suas consultas, as datas que os cheques que devem ser depositados e quem já fez o pagamento ou não: fica o alerta! Meios de gestão como esses são mais propensos a erros, uma vez que, não perder de vista nenhuma entrada ou saída no caixa torna-se ainda mais desafiador. Principalmente se você perder de vista o seu caderninho, não é?

Nossos usuários vão além do ato de transacionar seus atendimentos e compreende como a visualização de dados impacta a gestão do consultório. Ao se permitir acompanhar todos os seus recebíveis do particular e convênio diretamente na tela do celular ganha tempo e liberdade para fazer isso no melhor momento e aonde estiver. Mais do que isso, favorece o hábito de observar seus indicadores mais vezes, por ser mais fácil e aumenta a sua consciência financeira. A saúde financeira do seu consultório agradece!

3. É facilidade que se diz, né?

Quando você compartilha a Medicinae com sua equipe fica ainda mais fácil aproveitar a função Split de Pagamentos do seu terminal Medicinae Pay. Assim, por exemplo, um cirurgião que realiza um atendimento ao lado de um anestesista e instrumentista poderá, com uma única transação, direcionar o valor da atuação de cada profissional, sem cair na bitributação! Isso é, se antes você ou o seu colega recebia o total para repassar aos demais, acabava pagando imposto sem necessidade. Nesse caso, todo mundo sai ganhando: você, seu colega e seu paciente!

Felizmente, essa relação de troca alimentada pelos profissionais da área estimula uma empatia geral e, não à toa, o hábito de indicar profissionais de outras especialidades e regiões, trabalhar em equipe e compartilhar novidades e informações é uma constante entre você e os demais profissionais da saúde! Sabe o que é ainda melhor? Você leva uma gestão descomplicada para o consultório do seu colega da saúde, estreita os laços desse relacionamento e nos ajuda na missão de mudar a dinâmica financeira da saúde no Brasil!

Compartilhe nas redes