5 passos para ter uma remuneração mais justa

80% dos médicos brasileiros não acreditam que a sua remuneração esteja de acordo com as suas expectativas.¹ E se você é um desses, não se preocupe: a seguir, separamos 5 ações para começar a transformar esse cenário!

Primeiro de tudo: arregace as mangas e faça o levantamento dos seus custos efetivos
Início do ano é um excelente momento para olhar para trás e revisar todos os custos em ter um consultório ou clínica. Desde a manutenção de equipamentos até contas básicas como folha de pagamento e outros. A dica aqui é: não deixe nada fora dessa lista, principalmente os custos que geralmente passam despercebidos como gastos não-previstos.

Ter o valor médio desses custos variáveis também ajuda a planejar os meses seguintes. Alguns softwares de gestão contábil são excelentes para gerir esses dados e, certamente, contar com o auxílio da sua secretária e do seu contador nesse momento é fundamental para ter o seu fluxo de caixa em dia.

Segundo e não menos importante: crie o hábito de analisar e relacionar dados que lhe indicarão o melhor caminho!
Você sabe exatamente quanto fatura por mês? Está atento ao caminho percorrido pelo dinheiro que entra e sai do seu caixa, seu ticket médio, o tempo médio para receber repasses de cada operadora, quantos clientes você precisa atender por mês para atingir o seu ponto de equilíbrio? Saber esses dados na ponta do lápis é uma das medidas que aprimoram (e muito!) a gestão financeira do seu estabelecimento de saúde.

Imposto e Regime tributário
Alguns médicos ainda optam pelo regime de pessoa física e acabam por não abrir uma empresa em seu nome, principalmente nos primeiros anos de trabalho. Embora pareça complicado constituir uma empresa no Brasil atualmente, com o auxílio de um bom contador é possível passar por esse processo sem grandes traumas e ainda pagar um imposto muito inferior ao pago pela pessoa física.

Uma vez por ano, geralmente no final de Dezembro, é permitida a alteração do seu enquadramento tributário. Cabe analisar caso a caso diretamente com o seu contador e entender se o melhor regime fiscal para o seu estabelecimento é o Lucro real, Presumido, Simples ou MEI e também estar atento às mudanças de legislação específicas para a área de saúde.

Negociação de tabelas com planos de saúde
Esse é um ponto-chave para aqueles médicos que atendem plano de saúde. Caso você ainda não tenha atualizado o modelo dos seus contratos, a própria ANS disponibiliza um modelo aqui. Vale a pena estar atento aos reajustes anuais divulgados nos sites das operadoras em que está credenciado, visando atualizar os seus honorários.

Cabe ressaltar que, na data do aniversário do seu contrato com as suas operadoras, os prestadores também podem renegociar sua remuneração de serviços médicos ou hospitalares. Além disso, de janeiro à março, também é livre a negociação junto às operadoras, segundo resolução da Agência Nacional de Saúde (ANS)². Aproveite esse segundo momento para atualizar os serviços oferecidos, caso o aniversário do seu contrato não seja durante esse período!

Conclusão
Ainda que o empreendedorismo seja o caminho mais natural para o profissional no país – ao abrir seu consultório – e principalmente porque a formação médica carece de educação financeira, ficar atento a esses 5 pontos é o primeiro passo para gerir bem as suas finanças.

Além disso, o setor de saúde possui formas de remuneração bastante específicas que variam desde modelos de Success fee – em que as métricas possuem papel fundamental no sucesso do tratamento de pacientes até o tradicional Fee for service, utilizado atualmente pela grande maioria dos prestadores de serviços, o que torna a gestão das finanças de consultórios e clínicas mais desafiadora em um primeiro olhar.

Quando o assunto é gestão financeira inteligente, você pode contar com a nossa plataforma para ter previsibilidade e compreender com precisão, a data e o valor dos seus ganhos. Descomplicar os indicadores da saúde financeira do seu consultório e tomar decisões ainda mais conscientes é um dos benefícios que você encontrará no nosso aplicativo.

Você ainda pode contar com produtos financeiros #feitosparamedico como a possibilidade de antecipar seus recebíveis junto aos convênios, entre tantas outras vantagens!

¹ Satisfação Profissional dos Médicos no Brasil. Medscape, Dezembro de 2018.
² ANS RN 363/364/365/393.

Compartilhe nas redes